*

Solicite agora seu PRESENTE DIFERENTE Acrósticos e Poesias personalizados clique aqui com a comodidade e segurança

Pesquise no blog ou na Web

SE A MODA É ENGANAR ...

SE A MODA É ENGANAR ... 


A MODA TAMBÉM É DIVULGAR A ENGANAÇÃO!
GRUPO PÃO DE AÇÚCAR NA MIRA DO CONSUMIDOR!





Bom dia,

Na data de ontem, 16/06/2012 estive na loja 1806 – Campanellas, da Rede Cia Brasileira de Distribuição – Extra Supermercados.

Há cerca de três meses, venho efetuando compras nesta loja. Sinceramente? Não porque eu queira, mas o cartão multi-alimentação que recebo da empresa em que trabalho, diga-se de passagem, uma grande empresa, de um grande grupo, de um grande jornal, basta que vejam o sufixo de meu e-mail,  só é aceito nas lojas do grupo Pão de Açúcar. E a loja mais próxima de minha residência é esta da Campanela.
Ok.
Como disse tenho efetuado minha compra lá, e devido à diferença de preços exorbitante em produtos alimentícios, uma vez que disponho de outra rede mais em conta, restrinjo-me em gastar o valor do cartão beneficio em produtos de limpeza, que apresentam um preço equitativo e algo mais se for realmente necessário.
Pode parecer exagero, mas somo os valores em minha calculadora para tentar gastar somente o valor do cartão.
Ok, mais uma vez.
Não consigo de nenhuma forma fazer com que o valor da minha calculadora e do caixa registrador coincida. E, infelizmente acabo por não conferir quando chego a casa, até porque apenas somo na calculadora e não marco os valores em papel para efetuar a conferência. E erroneamente sempre acabo pensando que me distrai e somei errado.
Isto porque parto do princípio que a Rede Pão de Açúcar, Cia Brasileira de Distribuição, é uma empresa séria, responsável, etc. etc.
Ledo engano Senhores!
Ontem somei meus produtos, e chegando ao caixa o valor não bateu novamente.
Tive a pachorra de sentar-me em um sofá, até confortável que a loja disponibiliza, e fui conferir os itens.
E qual foi minha surpresa? Havia um erro sim, descaradamente na gôndola expositora o preço era um e no cupom o preço era outro.
O produto a que me refiro é um tempero Chimi Churri que na gôndola apresentava o valor de R$5,49 e no cupom fiscal 7,09.
Voltei ao interior da loja, arranquei a etiqueta da gôndola expositora e me dirigi ao balcão de informações.
Fui ressarcida do valor cobrado a maior?
Sim! Prontamente. 




Onde está o problema?
Se já não bastasse ser lesada desta forma, ao manifestar minha indignação, a pessoa que me atendeu, desculpe, mas não anotei seu nome, o que não faz a menor diferença, disse que isso é normal acontecer em qualquer loja!

Senhores!!! Normal o cacete!!!
As pessoas insistem em rotular de normal, algo que no mínimo é apenas comum de acontecer, mas normal, jamais!!!
Todos os meses sou lesada nesta loja.
Eu ontem encontrei onde estava sendo ROUBADA!!!! E quando não encontramos???
E as pessoas que não encontram porque se quer somam suas compras antes??? E onde está escrito que temos que somar antes do caixa registrador para não ser lesada???
Isso sim seria normal, comprar e pagar pelo que comprei conforme o exposto em suas gôndolas.
Somar os produtos adquiridos antes do caixa deveria ser apenas um controle pessoal, opcional para não mais que isto, controle!

Alguém deverá pensar ou dizer:
Ah, mas tudo isso por conta de R$ 1,60??
Não, tudo isso por conta da atitude pré definida como NORMAL de uma rede de supermercados que lesa seus clientes, consumidores.
Gostaria também de mencionar que ao efetuarem o reembolso, subtraíram-me o cupom fiscal. O qual solicitei a devolução. Prontamente o fizeram porem cortaram a parte onde teríamos as informações da rede e da loja especificamente.
Mas o comprovante de pagamento via cartão de benefícios + débito o demonstram perfeitamente.

Registro aqui minha indignação!!!!

E a promessa de rever meus conceitos em relação a esta rede de supermercados.
Que para falar a verdade nunca estiveram em grande conta comigo mesmo.
E saibam que esta carta será reproduzida nas redes sociais, pois a atitude de reclamar apenas, não pertence a está pessoa.
Temos que alertar outros consumidores, para que este ato “Normal” seja banido de nossa sociedade consumidora.



Atenciosamente,
Solange Vilela.
17/06/2012

 (carta enviada via e-mail, fale conosco da rede Pão de Açúcar)






Nenhum comentário:

Postar um comentário